Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2014

PEIXE NA CHAPA

Imagem
Domingo passado estive numa peixaria chamada "Peixe na Chapa", (se fosse minha seria "Peixe na Tchapa") que fica na avenida Antártica, no bairro Santa Rosa, em Cuiabá, MT. O jornal a gazeta fez uma reportagem com o Hélio, proprietário do estabelecimento há uns 15 dias e hoje fui lá para conferir. O lugar é muito simples. Cobra-se R$ 34,00 por pessoa e você come a vontade a especialidade da casa, arroz, vinagrete, mandioca e pirão. Do nosso filho foi cobrado R$ 10,00. Não sei qual o critério utilizado, mas ele aparenta ter menos de 10 anos.
O peixe na chapa é a única forma como o prato é servido. Você pode escolher um peixe inteiro e daí ele é posto na chapa e servido com os acompanhamentos. Nesse caso o preço é outro.
Aberto de terça a sexta no almoço e jantar. Nos sábados, domingos e feriados somente no almoço. Vale a pena conferir: 65 9606-4012 ou 3626-5757.

RECEITA DE NOISSETES DE BATATA

Imagem
Então gente, eu também gosto de cozinhar e experimentei fazer noissetes de batata domingo passado. Pesquisei na internet e tirei a receita original deste site . Só que antes de fazer li todos os comentários e dei uma olhada em outra receita. Aí juntei as duas receitas e as dicas e fiz assim:
De véspera, ou seja, no sábado, cozinhei quatro batatas graúdas (cerca de 700 gramas)  por 20 minutos. Usei as batatas lavadas mesmo, pois, as "asterix" são difíceis de achar aqui. Retirei elas antes que ficassem muito macias. Esperei esfriar, descasquei, amassei com garfo, coloquei um ovo, acrescentei duas colheres de sopa farinha de rosca, uma colher de sobremesa de sal, meio dente de alho e um quarto de cebola ralada. Enrolei as bolinhas, passei na farinha de rosca e coloquei numa assadeira. Cobri com filme e coloquei no congelador. Porque fiz na véspera? Porque a segunda receita que eu li, falava em colocar no congelador por cerca de 2 horas. Como no domingo de manhã gosto de ir par…

Homem é encontrado morto após transar com porca

Imagem
Um caseiro de 52 anos foi encontrado morto entre os porcos em um chiqueiro na cidade de Tapurah, no interior do Mato Grosso. Segundo informações da Polícia Civil, o caseiro foi encontrado pelo dono da fazenda na manhã do sábado, caído no chiqueiro, nu e com a cueca em um dos pés. Segundo os policiais, a principal suspeita é de que o homem tenha tido uma morte súbita enquanto fazia sexo com uma leitoa que estava amarrada no local.
"Tudo indica que ele teve um infarto ao fazer sexo com a leitoa que estava amarrada. Nós encontramos garrafas de bebida alcoólica e um pacote de preservativos com uma camisinha faltando", disse o investigador e escrivão Alcemir Matos.
Segundo Alcemir, o corpo do caseiro foi dilacerado pelos animais. "O corpo foi dilacerado pelos porcos. Quando o dono da propriedade o encontrou, ele estava sem o órgão genital, parte da coxa, braço e parte do rosto", disse.
A polícia aguarda o laudo conclusivo do Instituto Médico Legal par…

Designer mato-grossense vai reconstruir rosto de Santo Antônio em 3D para expor na Itália

Imagem
O 3D designer Cícero Moraes, morador de Sinop (500 km de Cuiabá), foi contratado pelo Museu de Estudos da Universidade de Pádua, na Itália, para fazer uma reconstrução em 3D do rosto de Santo Antônio – conhecido como o Santo Casamenteiro no Brasil.
O trabalho deverá ser concluído até novembro deste ano para uma exposição aberta ao público, no continente europeu. O projeto Volto di Sant'Antonio foi encomendado ao grupo de pesquisas Arc-Team, da Itália, que tem a colaboração do artistas de Mato Grosso.
A imagem que conhecemos de Santo Antônio apresenta um rosto com traços finos e delicados. Cícero explicou que essa feição conhecida por fiéis no mundo todo representa um desafio para a equipe de reconstrução.

“Pelas pesquisas que fizemos até o momento ele provavelmente tinha um rosto mais robusto e usava roupas mais simples do que aquelas que vemos hoje em pinturas e estátuas, uma vez que a ordem franciscana tem como uma de suas premissas o desapego aos bens materiais. …

Defensor mato-grossense atua em caso inédito de refugiados políticos

Defensor Interamericano de Direitos Humanos, o mato-grossense Roberto Tadeu Vaz Curvo conseguiu decisão favorável em caso inédito no país referente à família de refugiados políticos do caso do ex-presidente peruano Alberto Fujimori. Escolhido entre vários Defensores, Roberto e o Defensor Público paraguaio Gustavo Zapata Baez fizeram um trabalho que agora passa a orientar todas as defesas da Corte Interamericana, bem como demais Tribunais Nacionais sobre refugiados políticos.

A família peruana entrou na Bolívia de forma irregular, entretanto, logo em seguida se apresentou a repartição de imigração para pedir asilo por ser refugiada. Mesmo assim, contudo, acabou expulsa sumariamente, conforme explica trecho da sentença. Ao chegar ao Peru, o casal e os três filhos, inclusive crianças, acabaram presos.

“Eles foram expulsos sem o devido processo legal, não tiveram direito a defesa, não foram notificados e sequer puderam interpor recurso, devido ao tempo extremamente curto”…

Maranhão tem Raposa

Imagem
Recentemente estive com a minha família a passeio em São Luis, no Maranhão. Um Estado hospitaleiro, muito pobre (pior renda per capita entre as unidades da federação, ocupa o 26.º lugar de Índice de Desenvolvimento Humano), mas com inúmeros atrativos para turistas.
O animal raposa é caçador oportunista e apanha sua presa viva. A caminho do Município de Raposa, a fim de conhecer a baía de São Marcos, onde fica localizada a Ilha Curupu, reduto de lazer privado da família Sarney, a guia nos contou uma historinha: “depois de uma grande chuva, Roseana ligou para José Sarney para avisar que Maranhão estava debaixo d´água, e então o Senador perguntou: qual parte, a minha ou a sua? ”Complementou dizendo que qualquer problema de saúde da primeira família é tratado pelo Hospital Sírio Libanês.
Além de Raposa, São José do Ribamar, onde fica a Praia do Araçagy, aquela cuja maré que engoliu 100 carros no primeiro dia do ano, há ainda Alcântara, cidade histórica com várias ruínas que merece ser vi…

Pelo Skype, Nancy Andrighi recebe mais advogados

Imagem
Por Marcos de Vasconcellos Fonte: Consultor Jurídico
Em um ano em que advocacia e Judiciário pareceram estar em pé de guerra por conta da implantação do Processo Judicial eletrônico, a tecnologia serviu para aproximar advogados ao Superior Tribunal de Justiça. Isso porque, em 2013, advogados passaram a poder despachar com a ministra Nancy Andrighi de casa ou do escritório, pela internet, via Skype — programa de telefonia com vídeo pela internet. Às terças-feiras (e às vezes em outros dias também), a ministra senta à mesa de reuniões de seu gabinete com uma pilha de petições e memoriais à mão. Esses são os documentos dos processos que ela vai discutir com os advogados — cerca de 15 por dia — nas audiências virtuais. À sua frente, um notebook, pelo qual ela, na hora marcada, vê o advogado e se deixa filmar, dando início às conversas. Durante todas as audiências acompanhadas pela ConJur, no dia 3 de dezembro, Nancy Andrighi agiu com desembaraço perante a câmera, discutindo …

Ministério da Justiça lança aplicativo Sinesp Cidadão

Imagem
O SINESP Cidadão é um aplicativo que permite ao cidadão consultar informações de veículos roubados e furtados, registrados na base nacional do DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito). Após instalar o aplicativo, basta o cidadão digitar a placa para saber a situação do veículo. Em caso afirmativo para o registro de furto ou roubo, aparecerá a informação destacada em vermelho. Ao tocar nesta informação o aplicativo realiza uma ligação para a Polícia através no número 190. Em caso de clonagem de placa o usuário deve observar no resultado da consulta, se as informações referente a marca / modelo / cor conferem com o veículo cuja a placa foi consultada.
Vale destacar, que nenhum cidadão deve fazer abordagem ou se aproximar de veículos cadastrados no sistema com registro positivo de furto, roubo ou clonagem de placa, devendo acionar a Polícia pelo telefone 190 para que uma equipe seja direcionada ao local, onde será feita a checagem das informações. A iniciativa do Gove…

Desembargador dá aula a Juiz que mandou Defensor estudar

Estou de férias... com tempo de sobra para ler postagens do face e de outros blogs. Achei esta muito interessante no blog Apenas uma forma de expressão. Confira!

Estilista de Denise fica em terceiro lugar no 19º Prêmio Francal Top de Estilismo

Imagem
Clique na foto para ampliar
Estilista de Denise participa da cerimônia do 19º Prêmio Francal Top de Estilismo
A estilista Aulameides Pedrosa S. Costa recebeu no dia 28 de outubro na cidade de Franca-SP, o premio referente ao 3º lugar na categoria de Calçados e Bolsas de Material Reciclado na cerimônia de premiação do 19º Prêmio Francal Top de Estilismo, com uma bolsa confeccionada a partir de fibra de coco que é um material abundante em nossa região. 
Terceira colocada, de 41 anos, entrou para o setor por acaso, mas garante que sempre teve como um de seus maiores prazeres a criação.

Antes de estudar Moda na UNIP de Cuiabá, Aulameides trabalhou por 15 anos como costureira em uma fábrica de camisetas. Buscando fazer algo diferente, pensou em cursar Administração; foi sua filha quem sugeriu que ela continuasse na área e estudasse Moda a fim de se diferenciar no mercado.

Ela foi residir em Denise após o convite do prefeito Pedro Tercy para trabalhar como designer em uma …

Honorários de advogado podem ser penhorados do salário do devedor

Imagem
A impenhorabilidade dos salários, prevista no inciso IV do artigo 649, do Código de Processo Civil, não deve ser tomada ao pé da letra. Antes, precisa ser interpretada em consonância com a sua real finalidade, em atenção ao critério da razoabilidade. Com este entendimento majoritário, a 17ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul acatou recurso que irá permitir o desconto de honorários advocatícios diretamente da folha salarial da parte que perdeu a causa. A relatora do Agravo de Instrumento, desembargadora Elaine Harzheim Macedo, negou a penhora, com base na literalidade deste dispositivo do CPC, independentemente de a pretensão se fundamentar em créditos que também sejam alimentares — no caso, honorários de sucumbência. A decisão foi tomada na sessão do dia 28 de novembro. O desembargador Gelson Rolim Stocker, porém, abriu divergência. Responsável por redigir o acórdão, Stocker afirmou que a verba honorária devida ao advogado — tanto a contratual como…

Destino São Luís, Maranhão

Imagem